segunda-feira, 27 de janeiro de 2014






O Universo Conspira Para as Pessoas se Amarem

É mesmo assim, quem ama sabe o que é sentir literalmente a terra parar, quando dois lábios se encontram em um beijo não há nada que possa fazer a não ser se entregar ao desejo. O amor emerge do simples ato de olhar para o rosto de alguém de uma forma carinhosa, querer acariciar e ficar olhando para cada detalhe de forma a sentir os espaços a sua volta e mergulhando se afoga por prazer.
O universo conspira para o amor acontecer, faz duas pessoas de distantes mundos se aproximarem e reconhecer que são iguais, não por serem iguais necessariamente, mas, por querer ser iguais na qualidade do sentimento, viver é amar o que lhe traz paz, o que lhe faz parar para pensar não em você, mas no outro que lhe faz bem. O amor é muito esperto ele usa o tempo para aproximar as pessoas, usa a natureza e por fim o universo que conspira o tempo todo a favor do amor. Quando o coração da gente encontra alguém especial parece que algo nos impura para perto desta pessoa, usando uma força que está além das nossas forças nos levando ao caminho que está pessoa caminha. As almas se completam no simples tocar das mãos é bem assim o amor nos domina com sua simplicidade e nos redime levando para longe a vaidade, o amor faz bem com autoridade sem normas e nem amarras, nós inventamos as regras e as normas só para deixar-mos de lado a liberdade.
Quando amamos estamos em liberdade total para viver este amor e por mais que o nosso ego fale mais alto ele vai calar a voz diante do amor e ficar sem palavras totalmente mudo, seus argumentos terão total insignificância só porque o amor quer assim, e todas as nossas ambições serão trocadas por atos de humildade , isso para quem ama de verdade. Quando se ama alguém tudo que se quer é agradar esse alguém, fazendo suas vontades e desejos é uma razão única, amar e ser feliz é uma finalidade da vida humana. Amar é um fato na vida de qualquer pessoa, não importa a idade, não importa as condições financeiras, não importa o status, não importa a cor, não importa a religião, o amor trasborda e derrama seu cálice de igualdade. Tornando todos iguais perante a sua pessoa é ai que percebemos que as armas caem ao chão, o herói gigante se torna um menino guiado por um sentimento que o faz leve, espontâneo e compreensivo.
O amor bane as diferenças no abraço e nos faz ser um quando somos dois, ele entra em nós e nos aperta de leve dando a impressão que podemos voar sem sair do chão, e as vezes faz agente esquecer do tempo para viajar no agora que está ali pertinho de nós ao nosso lado o ser amado.
O universo conspira para as pessoas se amarem não adianta resistir até os corações mais duros se entregaram e tudo que sabemos sobre o amor é sempre muito pouco, a saber, o melhor é aprender com ele a ser infinitamente feliz, pois isto ele sabe fazer muito bem haja vista o bem que ele nos faz e como seria cada um de nós sem este sentimento? Que seria do universo? Será que existiríamos? Será que podemos viver sem o amor? Não sabemos. Acredito que o Amor sabe e nos ensina, então vamos com ele viver, aprender, sonhar e fazer do amanhã um dia bem melhor do que hoje.

Texto Extraído do Livro coração Amargo em Flor, Por Audelina Macieira, Todos os direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário