quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Eu Não quero saber!


Eu não quero saber dos medos e nem dos segredos
não quero saber da inveja e nem mesmo das promessas
não quero saber da agonia e nem das falsas companhias
Eu não quero saber de ganhar e nem de perder
não quero saber da magreza e nem da estranheza
não quero saber da sabedoria e muito menos da ignorância
Não quero saber de aventuras e nem de amarguras
Eu não quero saber do que está escrito no jornal,
E não olho a parte policial
Não quero saber das mentira , só das verdades
quero saber da vida e dos momentos vividos
quero saber que hoje estou vivo
E que vejo
E que sinto
E que tenho
Amor
E que tenho nas mãos
uma flor
Portanto me deixe
seguir em Paz..

2 comentários: